Lendo o livro de Botelho ” Concreto Armado eu te amo – Vem Para Obra ” pude perceber no capítulo 13 Dicas valiosas para você que deseja fechar um contrato.

  • Fazer um orçamento dos custos da obra ( o que a construtora vai gastar ) e quanto a construtora vai receber , se fizer a obra .
  • Classificar os riscos em níveis de probabilidade de ocorrer , e incluir , no valor da proposta , apenas os Custos dos riscos mais prováveis e esquecer no momento os demais.
  • Sobre os custos da obra então previstos, aplicar um BDI ( benefícios e Despesas indiretas da construtora ), o que paga estimativa de lucro, despesas de escritório e pessoal indireto, custos com contador , advogado e especialista em segurança do trabalho, alguns riscos etc. Um BDI clássico é o valor de 35%. Ou seja, multiplicar o valor dos custos previstos da obra pelo fator 1,35, gerando, então, o preço de venda da construtora, ou seja, aquilo que o proprietário terá de pagar a essa construtora.
  • Prever, na proposta, um fluxo de pagamentos com maior entrada de pagamentos no inicio da obra.
  • Transformar sua obra em centro de negócios e, cada caso não previsto, ou seja , ocorrendo situações com seus custos não incluídos no preço da proposta, propor para o cliente, imediatamente, o adicional para executá-lo. Para que você tenha força psicológica de lutar para impor sua decisão, é necessário que a obra esteja indo bem em todos os aspectos : prazo , qualidade do produto , limpeza e ordem do canteiro

Várias construtoras , ao lerem um edital de concorrência, encontram, por vezes um item no futuro contrato ( que é assinado pela construtora que vence ) , a cláusula especificada na imagem acima.

Tenha muita atenção quando for assinar qualquer contrato, pois na maioria das vezes um orçamento muito feito muito rápido pode não ter dado tempo de verificar todos os projetos na maioria da vezes a incompatibilidade de projetos e informações prejudica na hora da execução gerando gastos e retrabalho fato que pode ser evitado com um bom planejamento estratégico e a ajuda de softwares modernos .

Porém no livro de botelho foi dada uma dica que já se é usual por parte de grandes construtoras. ” Assinado o contrato, e com a obra inciando, a construtora contrata um escritório de projetos de absoluta confiança pedindo para que esse escritório passar uma ” pente fino ” em tudo, procurando eventuais falhas e erros. ” Com essas listas de falhas e erros na mão , a construtora ia até o cliente, mostrava as falhas e dizia que não poderia continuar com a obra caso continuasse com as falhas de projetos. Essa pode ser uma boa dica para que você possa se prevenir de perdas financeiras na sua empresa ou na sua Obra principalmente em situações de licitações que na maioria das vezes você faz a obra no escuro.

Comentar